Em reunião com o governador em exercício e o chefe da Casa Civil, Afocefe reforça pleito de alteração do nome da carreira - AFOCEFE Sindicato
Escola AFOCEFE
NotíciasNotícias slide

Em reunião com o governador em exercício e o chefe da Casa Civil, Afocefe reforça pleito de alteração do nome da carreira

Autor 12 de dezembro de 2023 No Comments
Buscando encaminhar o projeto que altera o nome da carreira para Analista Tributário da Receita Estadual, a diretoria do Afocefe Sindicato reuniu-se nesta segunda-feira, 12, com o governador em exercício Valdeci Oliveira e com o secretário-chefe da Casa Civil, Artur Lemos.
O presidente do Afocefe, Alexandre Luzzi, relatou as diversas reuniões do Sindicato com a equipe diretiva da Secretaria da Fazenda, núcleo de governo e Assembleia Legislativa para que o projeto volte a tramitar no Parlamento. Em todas elas, não foi manifestado nenhum impedimento para o atendimento a este pleito. ‘’Reiteramos que a alteração do nome não causará nenhum impacto financeiro aos cofres estaduais, nem mudanças nas atribuições ou na estrutura administrativa da Sefaz. Buscamos uma simples readequação de nome, assim como já foi feito em diversas carreiras de exigência de nível superior no Rio Grande do Sul e em outros estados. Se não há nenhum óbice quanto a esta alteração, não há justificativa para tanta demora no encaminhamento deste projeto’’, afirmou
O ex-presidente do Afocefe e diretor da Conacate, Guilherme Campos, reforçou que há oito anos os TTREs estão na expectativa deste ajuste no nome da carreira. Em 2018, no final do governo Sartori, o PL 215 foi encaminhado à Assembleia Legislativa em regime de urgência, mas não chegou a ir à votação. ‘’Desde o início do atual governo, reivindicamos o atendimento a esta pauta importante para nossa carreira e em todas as oportunidades foi assegurado que o projeto seria encaminhado ao Parlamento’’, frisou Guilherme Campos.
O governador em exercício assumiu o compromisso de acompanhar de perto o trâmite desta proposição para que seja resolvido com a maior brevidade. Artur Lemos afirmou que o projeto deverá ser enviado ao Parlamento no início do próximo ano. Luzzi ressaltou que não serão ruídos corporativos que irão barrar adequações para melhores práticas de gestão pública.
O Afocefe ainda esteve representado na reunião pela diretora jurídica Claudia Meyer, pelo diretor de Assistência ao Filiado, Wagner Bomfim e pelo diretor da Febrafisco, Paulo Bitencourt.