11/03/2019 - Unidade de ação sindical dos servidores públicos é debatida no Afocefe

 

A primeira reunião do ano do Movimento Unificado dos Servidores Públicos Estaduais ocorreu na manhã desta sexta-feira, 08, no Afocefe Sindicato.
Com pauta especifica sobre a MP 873/2019, que determina que as contribuições dos trabalhadores para os sindicatos não poderão mais ser descontadas diretamente do contracheque dos empregados, mas sim devevá ser pago exclusivamente por boleto bancário.

As entidades uniformizaram a discussão, o entendimento e as ações contra esta medida. Foi consenso entre as entidades da inconstitucionalidade da medida por conter vícios formais que levaram inclusive o Conselho Federal da OAB a intentar uma ADIN contra a matéria. 
As entidades também trataram das reformas trabalhista e previdenciária, sendo que ficou acordado a necessidade de ações unificadas para enfrentar os ataques contra os trabalhadores em sentido Amplo e em especial aos servidores públicos.

‘’Há mais de dez anos, o discurso da crise foi propositadamente criado para precarizar os serviços públicos, diminuir o tamanho do estado e responsabilizar os trabalhadores e servidores públicos pela dificuldade financeira. Temos defendido de forma pública a necessidade de desconstituir este discurso. Neste sentido, sempre apontamos o caminho. A crise é de receita e foi instaurada pelas perdas tributárias decorrentes da sonegação de impostas, que só no Rio Grande do Sul, em ICMS, chega a R$ 9 bilhões ao ano e de concessão de incentivos fiscais mais R$ 9 bilhões, sem transparência e acompanhamento pelos órgãos de controle, quanto mais pela sociedade’’, afirmou o presidente do Afocefe, Carlos De Martini Duarte.

Uma pauta de atividades foi definida pelas entidades, que terão a próxima reunião no dia 18 de março, às 9h, no Cpers Sindicato.

Estiveram presentes dirigentes do Afocefe, Cpers Sindicato, Ugeirm, Adurgs, Sindicaixa, Senergesul, Semapi Sindicato.

Veja Também

F

Fiscalização coíbe ação de sonegadores
22/04/2019

A

Afocefe participa de ato público contra a Reforma da Previdência
22/04/2019

F

Fiscalização ostensiva detém contrabando de R$ 1,75 milhão no Posto Fiscal de Torres
17/04/2019