04/03/2016 - Em reunião na presidência da Assembleia Legislativa, Afocefe defende reforço na fiscalização para combater o contrabando

Dando seguimento às ações do Dia Nacional de Combate ao Contrabando, o Afocefe Sindicato esteve reunido nesta quinta-feira, 03, com o vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado Adilson Troca (PSDB), juntamente com a direção da Fecomércio, do presidente da Frente Parlamentar de Combate à Sonegação, Pirataria e Contrabando, deputado Juliano Roso (PCdoB) e demais entidades.

A comitiva pediu apoio do Parlamento para implementações de ações efetivas para reduzir os efeitos nefastos do contrabando no Estado, que afeta a saúde da população e a economia, reduzindo empregos, provocando queda na arrecadação e aumentando os índices de criminalidade.

O presidente do Afocefe, Carlos De Martini Duarte, falou do impacto negativo do contrabando a todos os setores da economia e deu como exemplo o setor fumageiro, com o fechamento da Fábrica da Souza Cruz, em Cachoeirinha, desempregando mais de 300 trabalhadores. ''O cigarro é um dos carros-chefes do contrabando no País. Atualmente, o mercado de cigarros possui 35% de produtos contrabandeados ou piratas. A estimativa é que até o final do ano passe para 50%'', disse De Martini.

Veja Também

C

Chapa Fiscaliza com Experiência vence as eleições para o Conselho Fiscal do Afocefe Sindicato
09/09/2019

E

Eleições Sindicais: Afocefe tem primeira eleição eletrônica
06/09/2019

E

ELEIÇÕES AFOCEFE - INSTRUÇÕES PARA VOTAÇÃO ONLINE
03/09/2019