14/10/2019 - Afocefe reúne-se com Comandante Geral da Brigada Militar

O Afocefe Sindicato, representado pelo presidente Guilherme Campos e pelos diretores Paulo Bitencourt e Alexandre Luzzi, foi recebido nesta segunda-feira, 14, pelo comandante-geral da Brigada Militar, Coronel Mario Yukio Ikeda.

A falta de policiais militares nas Turmas Volantes e Postos Fiscais foi tratado na reunião. Foi manifestada a preocupação frente a reestruturação proposta pelo governo que desestimulará os servidores, dificultando, ainda mais, a cedência de policiais militares para suporte na segurança à atividade de fiscalização no trânsito de mercadorias. A situação agrava a dificuldade financeira do Estado, já que impossibilita que a fiscalização seja realizada em sua plenitude permitindo com que a sonegação tenha trânsito livre.

Os dirigentes do Sindicato relataram o desmonte da fiscalização ostensiva, com redução de unidades de fiscalização, o que impactou diretamente na queda da arrecadação. ‘’O Estado não pode abrir mão do seu principal tributo, o ICMS, ainda mais nesse momento de grave crise. Apresentamos alternativas para ampliar a receita por meio de um novo modelo de fiscalização, com trabalho integrado entre as equipes e aporte tecnológico’’, disse o presidente do Afocefe, Guilherme Campos.

O comandante-geral da BM concordou que há uma cultura de sonegação que precisa ser controlada aumentando a percepção de risco. ‘’A sonegação é uma forma de corrupção, que além de causar perdas financeiras ao Estado, estimula a concorrência desleal entre as empresas, afetando trabalho e renda’’, complementou o diretor do Afocefe, Alexandre Luzzi.
Também participou da reunião o Técnico Tributário José Vitor Pita dos Santos.

Veja Também

V

Venha para a luta!
08/11/2019

A

Afocefe convoca Assembleia Geral no dia 14 de novembro
08/11/2019

F

Fiscalização flagra carga de R$ 392 mil em cosméticos com documentação inidônea
07/11/2019