03/08/2018 - Sonegação Fiscal – A sociedade é conivente?

 

Buscando instigar a sociedade a refletir sobre os prejuízos causados pela cultura da sonegação e desconstruir o discurso de que a prática é legítima defesa contra a alta carga tributária, sem a  contrapartida de serviços públicos de qualidade, o Afocefe Sindicato dos Técnicos Tributários da Receita Estadual promove o evento que terá como tema Sonegação Fiscal – A sociedade é conivente?

Em sua 17ª edição, o Sefaz Debate será realizado no dia 7 de agosto, terça-feira, às 13h30min, no Teatro Dante Barone da Assembleia Legislativa.

Entre os debatedores estão a cientista política e professora da Ufrgs,  Céli Pinto e o presidente do Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda Nacional (Sinprofaz), Achiles Frias, entidade que instituiu o Sonegômetro, placar online da sonegação fiscal no Brasil, que apresenta em tempo real o quanto o país deixa de arrecadar  todos os dias por meio da evasão fiscal. O evento terá ainda como painelistas o procurador do Estado do RS que atua na Procuradoria Fiscal, Marcos Antônio Miola, a diretora executiva do Procon/RS, Maria Elizabeth Rosa Pereira, o coordenador da Comissão de Combate à Informalidade da Fecomércio, André Roncatto e o o Coordenador da Força Tarefa de Combate ao Abigeato, delegado Cristiano Ritta.

Inspirado no Sinprofaz, o Afocefe Sindicato lançou o Sonegometro RS, que mede o quanto o Rio Grande do Sul deixa de arrecadar com a sonegação do principal tributo estadual, o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviço  - ICMS. Conforme o placarwww.sonegometroicms-rs.org.br, a sonegação no Estado, somente de janeiro a 31 de julho, está na marca dos R$ 5,2 bilhões.

‘’Nosso objetivo é colocar luz neste tema de fundamental importância para o equilíbrio financeiro do Estado e que nunca recebeu a devida atenção das administrações estaduais. A crise econômica que atinge o Rio Grande está afetando diretamente a vida dos gaúchos, dos servidores públicos e demais trabalhadores, que pagam a conta e são penalizados pela ineficiência do modelo de gestão. Quem sonega está se financiando com o dinheiro público e se apropriando de recursos que deveriam ser destinados aos serviços essenciais à população. Lutamos por um Estado com menor carga tributária, maior arrecadação e serviços públicos de qualidade. Convidamos a sociedade a participar deste debate’’, afirma o presidente do Afocefe, Carlos De Martini Duarte.

O evento é gratuito e aberto  ao público. Inscrições em www.afocefe.org.br

 
 

Veja Também

R

Representantes das carreiras da administração tributária de sete estados reúnem-se no Afocefe
15/08/2018

A

Afocefe agradece painelistas pelo sucesso do 17º Sefaz Debate
15/08/2018

A

Afocefe agradece Coral da Sefaz pela apresentação no 17º Sefaz Debate
15/08/2018